Desafio: Ilusão

São três as cores que se espalham da outra face do prisma, na face de dentro. São três cores primárias que brilham em brancura. Espelhadas, projectadas e engolidas, escorrem pela laringe e pingam no esófago. São gotas púrpura. São gotejadas pela pipeta para o estômago, que sorri laranja, injectadas para o sangue numa via rápida de eléctrodos chocantes de lima e quimeras, em rápida ascensão. Trespassam o limite, rebentando em oxigénio.

Sai vapor, diluído no ar, sem matizes, som nem exaltações. Toca e humedece, greta os lábios, perfuma o ar parado de fruição.

São três as cores da fruição. Inspiradas e prismadas, são três as cores do branco que ilumina e me guia pela escuridão do corredor pouco percorrido, a inspiração que flecte o músculo flácido que agora se tonifica.

PGM J

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s